3ª publicação da série Por dentro da pronep, área Captação e Implantação

Por Dentro da Pronep 3: Captação e Implantação

Conheça os colaboradores, setores internos da Pronep e nossas atividades. A conversa hoje é com a gerente de captação e implantação, Tatiane Benfati.

Esta é a 3ª publicação da série de publicações “Por Dentro da Pronep”, onde apresentamos nosso funcionamento e atividades internas para os leitores, pacientes, familiares, colaboradores e parceiros.

Hoje vamos conhecer o setor de Captação e Implantação, com a gerente do departamento, Tatiane Benfati. A equipe visa entregar para os pacientes e seus familiares segurança e agilidade durante a transição do hospital para o domicílio com seus processos.

“Nesse contexto é fundamental que tenhamos uma excelente capacidade técnica, mas também um alto grau de resolutividade. As duas características, aliadas a uma equipe empática, com certeza geram para o paciente e sua família um sentimento de confiança”, explica Tatiane.

O objetivo é proporcionar uma entrega assertiva, eficiente e uma experiência positiva para os pacientes. A área de Captação e Implantação é caracterizada pelo processo de desospitalização, dividido em avaliação do paciente (que define necessidades), geração de orçamento e preparo da estrutura necessária no domicílio para chegada do paciente.

A equipe conta com 29 colaboradores: diretor comercial, gerente nacional de captação e implantação, coordenadores médicos, enfermeiro líder de captação, enfermeiro supervisor, enfermeiros avaliadores, enfermeiros administrativos, enfermeiros implantadores, analista de captação jr, assistente administrativo e estagiário de enfermagem.

Os clientes internos de Captação e Implantação são as áreas assistencial, operacional e prorrogação, que dão continuidade ao processo inicial.

“Frente a todos os  desafios apresentados no dia a dia, o time reage positivamente sempre se apresentando de forma colaborativa, comprometida e responsável. Demonstrando sempre que a união faz a força, que o trabalho em equipe é sempre o melhor caminho”, comenta a gerente Tatiane Benfati.

Segundo Tatiane, uma adversidade que todos enfrentaram foi a migração dos pacientes da Cabesp em curto espaço de tempo, bem como a área assistencial e operacional. “Desafio este, executado com excelência pelo grupo Pronep”. Para ela, fazer parte do time Pronep “é desafiador!”.