A área de compras é o departamento em destaque neste Por dentro da pronep

Por Dentro da Pronep 6: Compras

A área de compras é o destaque desta publicação. A entrevistada é a gerente de suprimentos, Rosângela Oliveira

Na série de publicações “Por Dentro da Pronep” de hoje a conversa é com Rosângela Oliveira, gerente de suprimentos, que vai contar mais sobre a área de compras. A área atua diretamente na parte estratégica da empresa, selecionando para a empresa os melhores produtos e serviços, sempre em busca das melhores condições comerciais, dentro do prazo necessário.

Também é atribuído ao profissional de compras todo planejamento de demanda, a busca de parceiros potenciais, dos melhores produtos e do melhor custo-benefício. De acordo com Rosângela, atualmente o setor conta com seis profissionais. “Somos uma gerente, uma líder de área de compras, um analista de planejamento de compras e três compradoras”, ela conta.

“Atendemos todas as demandas internas da empresa. De contratos de serviços até a compra de indiretos. Dessa forma, podemos dizer que todos os setores da empresa são nossos clientes internos, mas nosso maior volume e desafio é o abastecimento da farmácia para atendimento de nossos pacientes”, conta Rosângela.

Para a gerente de suprimentos, as maiores conquistas da equipe são as metas internas da empresa, alcançadas pela equipe e que garantem o abastecimento para os pacientes da Pronep. “Não medimos esforços para atender da melhor forma nossos clientes internos e pacientes”.

Rosângela conta também que dois colaboradores têm se destacado nos últimos meses: Amanda (líder de compras) e Felípe (analista de planejamento). Para ela, ambos fizeram a diferença e foram pilares de sustentação do setor diante do cenário instável vivenciado nos últimos meses.

“Fazer parte da Pronep é um orgulho muito grande para todos. Os desafios são motivadores e é uma grande oportunidade de aprendizado e crescimento da equipe. A Pronep possui um ambiente acolhedor, com confiança, onde todos são parte do processo e possuem voz ativa. Isso faz toda a diferença”, conclui a gerente Rosângela Oliveira.