De acordo com informações do Sinitox (Sistema Nacional de Informações Toxico-farmacológicas), em um intervalo de 18 anos, 245 mil casos de intoxicação infantil e de adolescentes com idades entre zero e 19 anos foram registrados e, dentre eles, mais de 240 mortes.

Intoxicação infantil: o que fazer?

Você conhece os perigos da intoxicação infantil? De acordo com informações do Sinitox (Sistema Nacional de Informações Toxico-farmacológicas), em um intervalo de 18 anos, 245 mil casos de intoxicação de crianças e adolescentes com idades entre zero e 19 anos foram registrados e, dentre eles, mais de 240 mortes.

Quem leu esse texto também leu: Pronep apresenta dicas para evitar a intoxicação infantil em casa durante a pandemia

Com a pandemia e as crianças em casa, os riscos são ainda maiores, especialmente para os bebês. A SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) alerta que 60% dos casos de intoxicação atingem as crianças que têm entre um e quatro anos de idade.

Para prevenir casos de acidentes por intoxicação por medicamentos e outros produtos químicos, a pediatra e gerente operacional da Pronep Life Care, Marcia Vlasman e a farmacêutica Patricia Campos dão algumas dicas e também orientam sobre como os pais devem agir caso a criança ingira substâncias tóxicas.

Publicado em 19 de julho de 2021.